terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Neandertais modernos


Já se sabe através de inúmeras descobertas que o homo sapiens, isto é, o humano moderno como eu e você conviveu com outras espécies de primatas como os Neandertais que segundo as teorias mais recentes foram extintos num processo gradual e complexo, mas ao que parece inevitável.

Os Neandertais não possuíam o cérebro tão desenvolvido como nós apesar de serem extremamente fortes e musculosos afeitos a uma condição de vida marcada pela força bruta e truculência, mas a evolução exigiria mais de nós primatas e esculpiu uma criatura capaz de utilizar sua capacidade cerebral para dominar o planeta, pois era um modelo melhor apesar de suas nítidas imperfeições.

Da mesma forma que no processo de evolução das espécies, ao que parece este é um modelo funcional nas diversas áreas de nossa vida social. Aquilo que foi um sucesso no passado não significa que conseguirá se impor no presente; Profissões que eram tradicionais desapareceram diante de novas tecnologias; Descobertas e teorias dadas como certas ontem estão completamente obsoletas hoje. É assim que funcionam as coisas da vida humana. Mudança, movimento, desenvolvimento etc. Por isso que precisamos nos adaptar.

Acostumamos-nos às mudanças, pois senão ficaríamos excluídos. Na realidade, milhões estão nesta condição pelos mais diversos motivos. Culpados ou não a exclusão impõe sua marca de crueldade e frieza sobre aqueles que não se adaptaram. Então, é mais do que natural que as pessoas queiram estar em sintonia com o mundo e sua dinâmica, certo? Acertou a resposta quem segue esta lógica, mas errou quem não conhece a realidade de determinadas empresas públicas.

Você conceberia um médico que sequer soubesse ler e escrever? Um piloto de avião que não tivesse se preparado adequadamente para pilotar um avião gigantesco levando centenas de pessoas? Um engenheiro que fosse autodidata e construísse edifícios? Acredito que não. Mas, em lugares esclerosados esse raciocínio não prosperará. Neles, o estúpido e incompetente é tido como apto ao posto de destaque; Afinal, para que ter preparo aquele que rastejará e salivará nos testículos de seus dominadores. Pau mandado não pensa, mas faz.

É por isso que em lugares como estes os medíocres se sentem ameaçados pelos qualificados e fazem questão de fazer demonstraçõezinhas de poder irrelevantes. Diante de quem deveriam se fazer valer abaixam a cabeça e encolhem suas caudas, mas para com os subordinados precisam se autoafirmar e demonstrar que não são inseguros e se apegam aquilo que não importa, mas deixam passar o de real importância. Não passam de cascas vazias, cuja essência consiste de mero vácuo.

Tal qual os Neandertais, estão ultrapassados e já se extinguiram a muito tempo, mas se agarram desesperadamente, pois em outro lugar não serão capazes sequer de limpar privadas. Vivem num passado que não existe mais. Não se adaptaram seja pela falta de capacidade intelectual, fruto de mentes que se acomodaram ou por mera falta de interesse acreditando que sua inércia os premiaria a vida inteira.

Outro dia estava vendo um cachorro moribundo que mesmo tomado pela sarna e mal conseguindo se aguentar em pé latia numa tentativa de dissuadir qualquer um que pretendesse tomar seu território mesmo não tendo ninguém por perto que ao menos lhe desse atenção ou o levasse a sério tal o estado decadente do infeliz.

Na antiguidade, milhares de anos atrás, um dos maiores estrategistas de guerra alertava que este tipo de gente devia ser repudiado dentro das administrações públicas e que o fator mérito é que deveria ser levado em consideração na hora de contratar um funcionário público, caso contrário se estaria cometendo grave engano e trazendo a ruína para aquele Estado.

Existe uma lei universal que diz que semelhante atrai semelhante, logo, se levarmos em consideração este raciocínio concluiremos que tipo de lugar é o que adota em seus postos de confiança tais criaturas bizarras.

Aliás, é interessante notar que coisas asquerosas adoram se cercar de imundícies de todo tipo. Você não verá lacraia senão em troncos podres e toda sorte de substância em estado de putrefação. É seu ambiente, sentem-se confortáveis ali.
Leia também: Desmandos na Gport

Raniery


raniery.monteiro@gmail.com