quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Covardes Atacam II

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 3:23

Quem acompanha este Blog conhece minha história e o início do processo de assédio moral pelo qual passo a quase uma década. Como recordar é viver não custa nada destacar que tudo começou com um grupo de covardes que me atacaram por meio de uma rede social sem me dar chande de defesa ou resposta.

Pois, é! Quase dez anos após aquele infeliz episódio e algumas relações reatadas, outros mau entendidos esclarecidos alguns personagens, no entanto, demonstram que não mudam por uma questão de caráter (ou mau caráter) e continuam a estimular colegas de trabalho a digladiarem - se por meio de covardes ataques em redes sociais onde sua versão não será contada e será execrado sem dó nem piedade.

Seria óbvio crer que eu não concordaria jamais com tais atos independentemente se o colega possui ou não razão pelo simples fato de não poder expô-la. Repudio qualquer ameaça, tentativa de isolamento, indução de represália de qualquer tipo, ainda mais, sem chance de se defender, pois isso, não é postura de quem é digno, mas é típico de quem ataca por trás porque teme fazê-lo olhos nos olhos, de quem sabe que o que faz é passível de sanção jurídica e que acredita se esconder em páginas exclusivas de grupos que se manifestam como quadrilhas. Aliás, como algo que está na rede mundial pode ser restrito? Quem é tapado o suficiente para acreditar nisso.....

Sob o pretexto de suposto rigor moralista (daqueles dos fariseus só pode ser) apedrejam sem olhar para si. Dentro de nós germina o potencial para cometer qualquer tipo de conduta réproba, e, isso, não somente explicado pela religião como também por ciências como o Direito, a Psicologia, etc. Portanto, tais ataques escondem na verdade projeções daqueles que atiram pedras e que se forem confrontados diante de sua próprias consciências não resistiriam e do mais hostil em diante todos largariam suas pedras e envergonhados voltariam ao seu mundinho medíocre.

De fato, tal episódio só serve para desviar o foco dos verdadeiros problemas que encontramos e que nos prejudica como tratamento discriminatório, improbidade, sucateamento, manipulação entre tantos que sabemos existir e que se pra alguns não importa não significa que não são graves.

Portanto reitero aqui o meu protesto e repúdio e desafio tais covardes a formalizar cada palavra, cada ameaça, em documento. Se não forem capazes disso significa que o que vocês estão fazendo não encontra respaldo em lugar nenhum, quer moral, quer legal, então, vocês são muito piores do que aquele a quem atacam.

Está claro a ignorância de vocês...leiam: O Assédio Moral no Ambiente de Trabalho por Meio das Redes Sociais
Hoje, quem é que se esconde...? 
Raniery

raniery.monteiro@gmail.com