terça-feira, 24 de agosto de 2010

Fofoca no ambiente de trabalho


A fofoca é o instrumento dos inseguros, infelizes, maldosos e manipuladores. Sempre que alguém tenta me atrair para uma conversa com fofocas, fico imaginando o que essa pessoa diz a meu respeito quando eu me afasto.


As pessoas que gostam de fofocar raramente admitem isso, e assim, muitas vezes disfarçam seus boatos com preocupação pelos outros ou como simples bate papo. Não importa qual a embalagem, a fofoca tem algumas características distintas. Primeiro, a fofoca é quase sempre negativa. Mesmo que a pessoa comece com um tom positivo, a conversa logo degenera numa crítica. Segundo, a pessoa que fofoca normalmente quer persuadir você de seu modo de pensar ou descobrir a opinião que você tem sobre a vítima da fofoca. Finalmente, a pessoa que instiga a sessão de fofoca normalmente está tentando levantar seu próprio ego, ao menosprezar outra pessoa.

O melhor modo de descobrir os motivos da fofoca é considerar o alvo e o contexto. O ciúmes e o ressentimento provavelmente serão os motivos se o alvo for um competidor social ou profissional. Se o assunto for um conhecido em comum, o fofoqueiro está querendo descobrir o que você pensa da vítima ou deseja influenciar sua opinião. Às vezes, a pessoa que está fofocando está estritamente caçando informações: a fofoca normalmente provoca mais fofoca.
É também um modo de a pessoa se sentir importante e conseguir atenção.

Trecho extraído do livro: Decifrar pessoas - como entender e prever o comportamento humano 
Autores: Jo-Ellan Dimitrius e Mark Mazzarella




raniery.monteiro@gmail.com