quinta-feira, 9 de setembro de 2010

CHANTAGEM EMOCIONAL


A  chantagem emocional é um subtipo de violência psicológica onde uma pessoa  tem por objetivo obrigar  outra a satisfazer seus caprichos de forma coercitiva apelando para os sentimentos de culpa. Nada mais é do que pura manipulação mental.

Ameaças, críticas, projeção de culpa e conseqüente exploração da mesma. O chantagista  emocional deixa implícita uma mensagem por trás de seu comportamento abusivo - "você sofrerá muito se não fizer o que eu quero".


Sem  escrúpulos, desrespeitando os sentimentos ou vontade das vítimas, tidas como meros objetos, estes parasitas sociais estão por toda parte vampirizando as pessoas.


Apelam para os sentimentos mais nobres das pessoas através de choro, dissimulando uma aparência de coitados ou se fazendo de vítimas, chegando mesmo a parecerem pessoas boas que deram azar na vida, só para convencer e sensibilizar os mais desavisados. Mentir, enganar e fingir é absolutamente natural para eles.


Suas vítimas preferidas são pessoas que valorizam os padrões louváveis da sociedade como fraternidade, honestidade e bondade. Para os chantagistas este tipo de pessoa é inferior, não é "malandra" e, portanto merecedora de ser usada, racionalizam. Você as encontra em todos os setores da vida: trabalho, família, relacionamentos, amizades e por aí vai.


Ceder ao chantagista é ficar aprisionado num ciclo vicioso; Não se negocia com chantagistas emocionais, não ceda em hipótese alguma ao seu jogo de culpa. Posicione - se de forma firme e decidida, use a razão pra lidar com este tipo de agressor.


Não se deixe levar pelos laços afetivos, se houver, até porque, quem ama não desrespeita, seja mãe, pai, irmão, namorado ou qual tipo de relação for. No trabalho então, nem pensar; ameaças como desemprego, demissão, promoção entre outras, são as preferidas por chefes inseguros ou paranóicos sem falar nos perversos narcisistasConheça seus direitos e deveres e essa informação se transformará em um escudo protetor contra esses agressores psicológicos, verdadeiros terroristas morais.


Quem ameaça, o faz por ter medo de ser descoberto e/ ou ser pego. Pode até ser por  se sentir ameaçado pelas qualidades do agredido. É preciso ser assertivo (firme) ao lidar com as pessoas que se utilizam deste ardil. O teu poder de decisão, firmeza, postura sólida em  determinado momento inibirá o agressor que não mais te enxergará  como alguém vulnerável e partirá pra outra caçada mais fácil onde  alguém possa alimentar o seu sadismo.




Portanto, ser do bem não significa ficar à mercê dos caprichos de ninguém. Resista a toda forma de manipulação ou chantagem emocional