segunda-feira, 18 de outubro de 2010

E a inveja hein?


Uma empregada doméstica foi presa acusada de matar a patroa, a empresária Kátia Bedinger, de 48 anos, em Indaiatuba, a 105 km da capital paulista - o principal motivo do crime foi a inveja que a empregada sentia da empresária - disse Carlos Donizette de Faria Souza, titular da Delegacia de Polícia de Indaiatuba.


Pessoas inseguras e com complexo de inferioridade desenvolvem este tipo de emoção destrutiva que não somente as impede de conseguir o que querem, como ainda as estimula a atacar pessoas, alvos de sua incopetência.

O local de trabalho é ambiente propício para este tipo de lacraia venenosa disseminar seu veneno contra colegas. O que na retórica é um discurso de competitividade, na realidade, é a vontade de ter o que é do outro, ou mesmo, ser o outro que motiva tal pessoa.

A inveja  conforme o dicionário Aurélio, é definida de duas maneiras: 1ª) desgosto ou pesar pelo bem ou felicidade de outrem; e 2ª) desejo violento de possuir o bem alheio. A pessoa que possui esse sentimento, ou ela menospreza o alvo de seu ataque, ou tem uma vontade incontrolável de ter as habilidades, bens e idéias do outro.

Um ataque pessoal no trabalho pode ser a mais pura manifestação de inveja por parte daqueles que se sentem inferiores ou ameaçados pelos competentes e eficientes.

A crítica é a arma do invejoso. As críticas maiores vêm quando se faz algo incomum que a “massa” não está acostumada a fazer. Sempre haverá críticas individuais e coletivas.
Citação: AS MAIS BELAS FRASES DO MUNDO - John Fellinus- LITERATURA BRASILEIRA

Em Provérbios 6:16-19 (Bíblia sagrada) descreve a característica deste tipo de gente perversa: "...olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos." 
O Texto ressalta ainda que Deus detesta este tipo de gente, ou melhor, sub-tipo.

Pense nisso da próxima vez que se deparar com alguém que quer te prejudicar e te ataca sem nenhuma razão aparente. Pode ser um invejoso que está em seu encalço.







Raniery