terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Você tem consciência?


A definição:

O termo consciência, em seu sentido moral, é uma habilidade, capacidade, intuição, ou julgamento do intelecto que distingue o certo do errado. Juízos morais desse tipo podem refletir valores ou normas sociais (princípios e regras). 

Em termos psicológicos a consciência é descrita como conduzindo a sentimentos já de remorso, quando o indivíduo age contra seus valores morais, já de retidão ou integridade, quando a ação corresponde a essas normas. Em que medida a consciência representa um juízo anterior a uma ação e se tais juízos baseiam-se, ou deveriam basear-se, somente na razão é uma tema muito discutido em toda a história da filosofia.

A visão religiosa da consciência a vê ligada a uma moralidade inerente a todos os seres humanos, a uma força cósmica benevolente ou a uma divindade. Os apectos rituais, míticos, doutrinais, legais, institucionais e materiais da religião não são necessariamente coerentes com as considerações vivenciais, experienciais, emotivas, espirituais ou contemplativas sobre a origem da consciência. Sob um ponto de vista secular ou científico a capacidade de consciência moral é vista como de origem provavelmente genética, com seu conteúdo sendo aprendido como parte da cultura.

Metáforas comuns para a consciência incluem, entre outras, a "voz interior" e a "luz interior" . Consciência é um conceito importante em direito, tanto nacional como internacional, cada vez mais aplicado ao mundo como um todo, foi muitas vezes inspiração de inúmeros atos nobres para o bem comum e foi muitas vezes tema em artes, sobretudo literatura, música e cinema.

A Reflexão:


“No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás.”

Gênesis 3:19

É uma noite escura, sem nuvens e sem luar. Você olha para o céu e vê milhares de estrelas distribuídas em padrões ou constelações. A luz dessas estrelas viajou grandes distâncias para chegar a Terra.

As estrelas são enormes esferas de gases quentes, principalmente hidrogênio e hélio. Algumas estão relativamente próximas e outras estão muito distantes. Algumas estrelas estão sozinhas no céu, outras possuem companheiras e algumas fazem parte de aglomerados que contêm bilhões de estrelas. Nem todas as estrelas são iguais. 

Elas existem em todos os tamanhos, brilhos, temperaturas e cores. Algumas estrelas são extremamente quentes, enquanto outras são mais frias. Esta afirmação está relacionada à cor que as estrelas emitem. Ao observar os pedaços de carvão em uma churrasqueira, você sabe que o carvão com brasa vermelha está mais frio do que os pedaços com brasas mais claras. O mesmo é verdadeiro para as estrelas.

O espectro de uma estrela também pode informar seus elementos químicos porque diferentes elementos (por exemplo, hidrogênio, hélio, carbono, cálcio) absorvem a luz em diferentes comprimentos de onda.

Você pode não se dar conta, mas é feito da mesma composição química de que são formadas as estrelas. Cada partícula subatômica dentro de você obedece às mesmas leis físicas do universo. Isso é capaz de te emocionar? Ou não?

A natureza abunda em beleza e diversidade por todos os continentes de nosso planeta e cada lugar não é igual ao outro. Isto ainda chama a tua atenção e te deixa maravilhado ou...

Diante das enchentes que tomam conta de são Paulo nesse início de verão, uma cena tomou conta de mim: uma senhora em meio ao desespero de salvar seus poucos pertences, e sua própria vida, teve tempo de estender suas mãos a alguns cachorros que se debatiam nas correntes enlameadas das chuvas torrenciais.

Só quem tem um coração bondoso é que poderia agir assim, ou seja, a consciência dela- aquela cartacterística ligada ao amor, compaixão, empatia, etc- falou mais forte, e, quase instintivamente, não pensou duas vezes e salvou os cachorrinhos que, amedrontados, puderam respirar aliviados por algum tempo. Ao mesmo tempo, imediatamente fiz a comparação (não pude evitar) com o ex governador de Brasília José Roberto Arruda- do mensalão do DEM; lembra? Lembra, né? Fiquei pensando nesses contrastes e nas razões que nos fazem diferentes dessas criaturas do esgoto moral.

É tudo uma questão de consciência: ou você tem, ou você não tem. Isso faz toda a diferença.

A partir daí você poderá perceber que as ações e os comportamentos, e, não a as aparências, falam muito mais alto. Da retórica à prática existe uma distância enorme.


Portanto, é preciso que, todos os dias, façamos uma introspecção (as pessoas de consciência, é claro) e procuremos dentro de nós para ver a que vozes estamos dando ouvidos, para verificarmos se não estamos andando de braços dados com o mal ou reproduzindo suas ações, ainda mais em uma sociedade que perdeu seus princípios mais nobres e aceita passivamente comportamentos decadentes como corrupção, esquemas e toda sorte de ilícito em nome da “esperteza”.



Raniery
raniery.monteiro@gmail.com